O que deve constar num currículo Jovem Aprendiz para concorrer às vagas abertas em 2021? Aprenda isso lendo esse texto. Confira!

Portanto, conquistar o primeiro emprego não tem sido fácil para muitos jovens, sobretudo, por causa da crise econômica no qual o país enfrenta.

Publicidade

Mas, a fim de minimizar esse quadro, existem alguns programas de inclusão como o Jovem Aprendiz, no qual por muitos anos ajuda os iniciantes.

Publicidade

Sendo assim, caso faça parte deste grupo, vamos te ensinar como fazer currículo Jovem Aprendiz. Desse modo terá vantagem ao disputar uma vaga.

Como preencher um Currículo Cronológico?

O que é o programa Jovem Aprendiz?

currículo jovem aprendiz

Primeiramente o Jovem Aprendiz é uma iniciativa baseada na Lei de Aprendizagem promulgada no ano 2000, no qual garante a jovens de 14 a 24 anos a possibilidade de adquirir experiência profissional. Basicamente o projeto consiste em empresas parceiras de entidades sem fins lucrativos, escolas de aprendizagem, etc., nas quais disponibilizam vagas para aprendizes, estes recebem formação e qualificação profissional. O aprendiz se divide numa carga horária de 2 turnos: sendo um deles na empresa, onde vai desempenhar atribuições práticas dentro das suas limitações, e o outro numa instituição na qual ensinará a parte teórica do trabalho. O contrato do Jovem Aprendiz é regido pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Portanto, o Jovem Aprendiz tem direito a:

  • Remuneração mensal;
  • Férias remuneradas;
  • 13º salário;
  • Vale-transporte;
  • FGTS.

Contudo, dependendo da estrutura da empresa, o iniciante ainda terá benefícios como plano de saúde, inclusão em treinamentos, acesso a áreas de lazer, dentre outros. Mas, de modo a aproveitar essas vantagens é necessário ser selecionado, e aí um bom currículo Jovem Aprendiz faz toda diferença.

Como fazer currículo Jovem Aprendiz?

Algumas empresas solicitam aos candidatos o envio de um currículo por e-mail, ou façam o upload em seus sites. Sendo assim, é fundamental montar bem o currículo, de modo a facilitar a leitura do recrutador. Por outro lado, a questão da experiência profissional não é cobrada, pois, muitos candidatos nunca trabalharam. Desta forma o currículo Jovem Aprendiz deve se preocupar aos seguintes aspectos:

Vida escolar

Essa é talvez a principal informação do currículo do jovem aprendiz. Sendo assim, deve-se constar os nomes das instituições onde cursou Ensino Fundamental e Médio. Portanto, jamais deixe de pontuar os períodos no qual estudou, pois ajuda a distribuir as informações.

Objetivos

Dessa forma, também é muito importante descrever o que você espera realizar se passar na seleção. Sendo assim, deverá sempre indicar quais são suas perspectivas e o que deseja alcançar com a oportunidade do trabalho como aprendiz. Dessa forma, descreve suas ambições na empresa.

Cursos Extracurriculares

Outra coisa muito importante, é apresentar algumas capacitações nas quais você realizou fora do colégio, trata-se de uma maneira de incrementar seu currículo. Sendo assim, vale incluir também palestras, workshops e outros formatos de treinamento.

Habilidades

Contudo, também deve-se falar um pouco de suas qualidades, desde boa comunicação até capacidade de assimilar conteúdos de forma rápida. Pois, essas pequenas habilidades podem fazer toda a diferença no seu currículo de jovem aprendiz.

Mas, o que colocar no currículo Jovem Aprendiz?

Primeiramente, agora você já conhece a estrutura do currículo de Jovem Aprendiz a fim de concorrer a vagas de aprendizagem. Desse modo, é preciso também descobrir quais as informações básicas necessárias do currículo, veja elas abaixo:

  • Alguns dados pessoais: nome, endereço, contato, idade; não é necessário informar CPF ou RG, somente se preencher cadastro virtual ou ficha numa instituição idônea como CIEE, por exemplo;
  • Objetivo: procure clareza e brevidade, não precisa se estender;
  • Qualificações: é o espaço para apresentar suas habilidades;
  • Escolaridade: descreva o nível da formação (fundamental, médio ou técnico) e o período cursado (mês e ano);
  • Cursos complementares: pode colocar desde treinamentos até idiomas.

Contudo, nunca se esqueça de revisar seu currículo Jovem Aprendiz, pois erros de português pesam na avaliação do profissional no qual faz a seleção. Se possível, solicite a algum amigo ou familiar revise o seu currículo.

Dicas do currículo Jovem Aprendiz

Primeiramente, a fim de caprichar na elaboração de seu currículo, listamos algumas dicas essenciais. Portanto, conheça as melhores dicas a fim de fazer o currículo de jovem aprendiz da melhor maneira:

  • Ao mencionar um curso você pode salientar a sua certificação, é uma maneira de garantir a qualificação;
  • Se realizou atividades voluntárias vale mencionar também na relação de formação extracurricular;
  • Não deixe de mencionar se tem boa escrita e sabe conviver em equipe;
  • Caso tenha curso de idioma, especifique o nível (básico, intermediário ou avançado);
  • Se disputa uma vaga em alguma área específica, como, por exemplo, o setor financeiro, vale dizer se tem uma boa relação com números e preza pela organização.

Portanto, você conseguirá montar um currículo Jovem Aprendiz da melhor forma possível ao recrutador. Dessa forma, isso sem dúvida, dará um passo muito importante a fim de abraçar a oportunidade do primeiro emprego. Contudo, caso ainda esteja buscando alguma vaga, é possível encontrá-las através da internet. O site Jovem Aprendiz Brasil, seleciona as melhores vagas de aprendizagem do Brasil, citando um passo a passo para você se inscrever. Gostou do nosso artigo? Conheça nossos outros artigos a respeito de modelos de currículo!

Publicidade